The Metacity

Fonte: Postscapes, por Mark Rolston

The modern city is becoming a pointer system, the new URL, for tomorrow’s hybrid digital–physical environment. Today’s Facebook will be complemented by tomorrow’s Placebook. Explosive innovation and adoption of computing, mobile devices, and rich sources of data are changing the cities in which we live, work, and play. It’s about us, and how computing in the context of our cities is changing how we live. A digital landscape overlays our physical world and is expanding to offer ever-richer experiences that complement, and in emerging cases, replace the physical experience. In the meta–cities of the future, computing isn’t just with us; it surrounds us, and it uses the context of our environment to empower us in more natural, yet powerful ways.

Mais em … The Metacity

Revista Zona Digital

Zona Digital

“É um local de reflexão, de criação e de divulgação e debates sobre as novas perspectivas abertas pela mídia digital nas artes.

Criado a partir dos estudos do Polo de Cultura Digital do Programa Avançado de Cultura Contemporânea, da UFRJZona Digital incorpora e conecta pensadores, artistas, escritores, ativistas e produtores.

O novo espaço nasce comprometido com a formação de público, autores, massa crítica e redes de desenvolvedores conscientes de que a arte tem muito a ganhar se aproximando das novas tecnologias.

Ultrapassando os muros acadêmicos, Zona Digital busca dar acesso à produção artística e à reflexão crítica sobre as novas mídias ao maior número de pessoas, promovendo a inserção social e a disseminação das novas possibilidades criativas abertas pela cultura digital em um espectro social, etário e comunitário mais amplo e democrático.

Sua prioridade é estimular a criação, produzir conhecimento e formação de massa crítica sobre as novas relações entre cultura e tecnologia no contexto da cultura contemporânea, descobrir talentos e juntar artistas com áreas de interesse diferentes.”

E lá no site tem uma seção bem interessante chamada Master Class, com falas de pessoas que pensam a temática do digital.

Stanford University – Online (and free) course – Introduction to Artificial Intelligence

A bold experiment in distributed education, “Introduction to Artificial Intelligence” will be offered free and online to students worldwide during the fall of 2011. The course will include feedback on progress and a statement of accomplishment. Taught by Sebastian Thrun and Peter Norvig, the curriculum draws from that used in Stanford’s introductory Artificial Intelligence course. The instructors will offer similar materials, assignments, and exams.

Artificial Intelligence is the science of making computer software that reasons about the world around it. Humanoid robots, Google Goggles, self-driving cars, even software that suggests music you might like to hear are all examples of AI. In this class, you will learn how to create this software from two of the leaders in the field. Class begins October 10.

Details on the course, including a syllabus is available here. Sign up above to receive additional information about participating in the online version when it becomes available.

Public Sphere Project

Without a thriving public sphere the people’s ability to manage public affairs equitably and effectively is impossible. Although new digital networked technologies are only part of this picture, they obviously represent a major source of opportunities — as well as challenges — for those interested in the public sphere.

The Public Sphere Project (PSP) is an initiative that is intended to help promote more effective and equitable public spheres all over the world. With this site we hope to ultimately support a community of researchers and activists and provide a broad framework for a variety of interrelated activities and goals.

More about Public Sphere Project …

UrbanRemix

UrbanRemix is a collaborative and locative sound project. Our goal in developing UrbanRemix was to design a platform and series of public workshops that would enable participants to develop and express the acoustic identity of their communities, and enable users of the website to explore and experience the soundscapes of the city in a novel fashion.

The UrbanRemix plataform consists of a mobile phone system and web interface for recording, browsing, and mixing audio. It allows users to document and explore the obvious, neglected, private or public, even secret sounds of the urban environment. Participants in the UrbanRemix workshops become active creators of shared soundscapes as they search the city for interesting sound cues. The collected sounds, voices, and noises provide the original tracks for musical remixes that reflect the specific nature and acoustic identity of the community.

To get started, download the free app for iOS / iPhone or Android and start recording sounds in one of our project neighborhoods (such as Times Square), or open the map to browse and remix previously contributed sounds.

Laboratório NatalNet

E o pessoal lá da UFRN com muita coisa legal também …

Atualmente existem vários projetos executados no Laboratório Natalnet principalmente nas áreas de Realidade Virtual, Robótica, TV Digital e Interativa, Multimídia e Sistemas de Informação Geográfica.

Em execução

Anteriores

Wikinarua.com

Muito legal isso aqui!

wikinarua. com é uma rede social que compreende conexão entre redes a partir da utilização de dispositivos móveis, como celulares, com tecnologia de Realidade Urbana Aumentada (RUA), software criado na Universidade de Brasília, especialmente para que cada individuo, localizado em qualquer parte do Brasil, incluindo os de comunidades isoladas como quilombolas, indígenas ou outras, possam modificar e intervir no seu contexto urbano e/ou meio ambiente, por meio da arte com imagens, sons, animações, textos, contendo também uma rádio, onde você pode fazer a sua programação e participar com outras informações, no intuito de diminuir inclusive as diferenças sociais, em tempo real. A rede social apresenta como forma de interativismo a construção de uma cartografia colaborativa, na qual são apresentadas as imagens, vídeos e outras informações inseridas por seus membros.

Wikinarua é uma rede social composta por quatro serviços principais: 1. Cartografia colaborativa com blogmaps; 2. ciber radio, 3. software para dispositivo móvel, denominado de realidade urbana aumentada (RUA), 4. Enciclopedia (wiki) e um gamearte para dispositivo móvel denominado Cyber Ton Ton, em realidade aumentada. Além dos serviços principais, que visam a inclusão social pela arte, o wikinarua contém os  12 protótipos desenvolvidos com apoio do prêmio XPTA.LAB 2009.

No site também é possível ver os projetos desenvolvidos pela UFG e pela UFPI. Coisas muito legais também.

😉

Produtora Cultural Colaborativa: Artigo EXPOIDEA 2010

Fonte: iTeia

Descrição da Foto

Artigo publicado no Livro da EXPOIDEA 2010 apresentando os conceitos e funcionamento da produtora cultural colaborativa como tecnologia social de apoio a sustentabilidade dos artistas locais. O trabalho inclui ainda um estudo de caso sobre a produtora cultural colaborativa realizada dentro da Expoidea a Feira do Futuro em nov de 2010 no centro da cidade do Recife.